Águeda Mendes da Silva
Uma mulher comum que apesar de ter vivido bastante ainda não se cansou de sonhar .
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos
Título Categoria Data
Homonimato X Experimental 04/04/17
Homenagem às Mulheres Experimental > Ecosys 04/03/17
Homonimato XIII ***XIV****XV Experimental 05/11/16
Homonimatos XII Experimental 03/11/16
Des-pe-di-da ( SILABASYS) 1 Experimental 31/10/16
Ecosys XII Experimental > Ecosys 29/10/16
Sonium( Pensamento) I Experimental 25/10/16
(Risu Lux) Poema na Vertical 1 Experimental 21/10/16
Voando Experimental > Ecosys 18/09/16
Solitárias Experimental > Sextilha Real 04/04/15
Brevidade Experimental > Ecosys 19/03/15
Escrevendo e Brincando( Poema Dalangola) Experimental 17/01/15
Frase em Homonimato Experimental 28/10/14
Pensamento em Homonimato Experimental 20/09/14
O vendedor de Cará (Nanoconto em Homonimato) Experimental 03/09/14
Coisa de cosinha Homonimato XI Experimental 01/09/14
Homonimato X ( Terceto) Experimental 25/08/14
Assim é Viver Experimental > Poetrês 22/08/14
Comemorando a Semana da Familia Experimental > Ecosys 20/08/14
Paronimato ( Pensamento) Experimental 15/08/14
Página 1 de 5 1 2 3 4 5 [próxima»]