Águeda Silva
Uma mulher comum que apesar de ter vivido bastante ainda não se cansou de sonhar .
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos



 
No Sertão


Tem uma tarde alegre
Quem vive num casebre
Pertinho de um ribeiro
À noite lá no terreiro
Debaixo da lua cheia
Comtemplando a Papa-Ceia
Chora as mágoas, o violeiro.

Águeda Mendes da Silva



 
Águeda Mendes da Silva
Enviado por Águeda Mendes da Silva em 29/12/2016


Comentários