Águeda Mendes da Silva
Uma mulher comum que apesar de ter vivido bastante ainda não se cansou de sonhar .
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Saudade
 
Doces momentos
Que nem mesmo o tempo
Consegue apagar.
 
Seu jeito de olhar
Seu Jeito de ser,
Seu jeito de amar...
 
Do meu peito
Uma dor que não sai.
Dos olhos, uma lágrima que cai!

 
Águeda Mendes da Silva
Enviado por Águeda Mendes da Silva em 09/02/2018


Comentários